domingo

não basta morrer para ser flor.
não basta morrer para conhecer deus e acreditar no beijo, não nos chega apenas amar a terra excessiva, ser arrastada pela paisagem que os meus seios denunciam.
o que resta depois de uma mentira lógica de palavras?
explica-me a lógica das palavras.
mostra-me a raiz da flor.

1 comentário:

P.... disse...

A flor é... vida.
A vida é...amor.
O amor é viver até morrer.
Jinho carinhoso.