quarta-feira




















deixada há muito
na distância do que podia.talvez.
espere. peça a árvore que abre em silêncio a noite.
morrerei do lado de fora? dizes
que não. que a luz
parece fogo
mas não queima as mãos quando deitadas e as
mergulhamos no centro pulmonar.
e há sempre a música. parece chorar. ouves?
não precisas pedir. acaba o teu café.
e se o fogo entrar? é por mim

que ficas?


Fotografia de Berenika.



16 comentários:

Teresa Durães disse...

gostei imenso do que li

boa noite

bruno .b.c disse...

Aida, sempre bom ler-te. Muito bom.
Obrigado por essa bondade.

Teresa Durães disse...

roubei a fotografia e coloquei um link no Voando. de qualquer modo coma preguiça que vejo em espreitar os post um pouco abaixo não sei se terei algum sucesso.

boa noite

Teresa Durães disse...

p.s: mas devia

inBluesY disse...

eu vi e li, e sim eu sou preguiçosa, muito, mas quando toca bem, arranjamos uma maneira :)

al-jib disse...

vim atrás da Caturra ( vulgus Teresa Durães ) que já há algum tempo me havia desafiado ... nesse dia ,o tempo era pouco pelo que a leitura foi feita na diagonal .hoje fi.lo ,pausada ,o que me permitiu um outro sabor

gostoso

boa noite!

da. disse...

...talvez baste ser só humano..e não haver palavras...e o poema ser feito apenas de ausência...e cada palavra cair..por um gesto..

aidamonteiro disse...

al-jib, obrigada por teres voltado teres relido com calma:)
Volta sempre!Um abraço.

aidamonteiro disse...

teresa,
nem sei o que dizer.a verdade é que me doem os maxilares de tanto sorrir...eh eh eh!

Um abraço:)

aidamonteiro disse...

da.
obrigada pelas palavras...palavras não tenho para o a manh'ser.Muito bom!

aidamonteiro disse...

inbluesy,
obrigada pelas palavrinhas!

Abraço.
Bem vinda!

Teresa Durães disse...

se não gostasse não o tinha feito. tenho deixado escrito se gosto ou não embora em curtas palavras porque não sei o que mais dizer. logo, não existe qualquer necessidade de agradecimento.

boa tarde

aidamonteiro disse...

Bruno,

faço minhas as tuas palavras:

«é sempre bom ler-te»

Abraço.

al-jib disse...

rendo.me à evidência do bom gosto e do bem escrever

( retiro.me para voltar )

um beijo!

non disse...

Muito Bom!

Há muito que gosto deste blog e senti-lhe a ausência.

:)

Bj

Anónimo disse...

Tenho andado ausente.

Quando aqui volto, encanto-me.

Beijo.