quinta-feira

se eu morresse nas tuas mãos, mas morresse mesmo
sem metáforas: o coração parava e ponto e pronto
e logo, mais tarde, alguém trataria do funeral e das coisas
tristes que seriam tuas talvez não menos tristes do que as minhas,
o que dirias, ao olhar este corpo morto, se tivesses coragem?

15 comentários:

C-ASA disse...

Lindo..vou guardá-lo dentro de un lugar luminoso (porque mesmo triste é belo,denso e simples...atordoa)

O Ramalhete disse...

talvez as flores não chegassem para tapar a terra onde o corpo desabaria.

Laura Ferreira disse...

LINDO.

C-ASA disse...

é mesmo, mesmo lindo...não me canso de ler..

Shawn Riddle disse...

A alma ainda morreria antes da coragem.

jorge vicente disse...

diria, sem metáforas:

que vida poderíamos ter vivido
se sempre houvesse mortes [sem metáfora]

que nos ensinassem como estar neste corpo.

um beijo pelo poema
jorge vicente

Susana Miguel disse...

o coração. um lugar luminoso;)
um beijinho, C-ASA.

Susana Miguel disse...

talvez não chegassem as flores, ramalhete. ou consigo, talvez e para sempre, um pedacinho de terra, no bolso.

Susana Miguel disse...

um beijinho, laura;)

Susana Miguel disse...

obrigada, mais uma vez, pelo teu regresso aqui a esta casinha;)

um beijinho.

Susana Miguel disse...

não consigo encontrar palavras, as palavras certas (se é que existem) para responder ao teu comentário, shawn riddle. escolho pensar que a alma só poderia morrer se estivesse completamente vazia do amor.

Susana Miguel disse...

verdade, Jorge.
um bejinho pelas palavras deixadas na minha janelinha;)

Patrícia disse...

Que lindo, mesmo.
Li e voltei a ler :)

liliana_lourenço disse...

Tão bonito. Este fez-me arrepiar.. **

Susana Miguel disse...

obrigada, liliana.

(...)