domingo

toalha de mesa


não peço que regresses, que fiques.
sentemo-nos apenas no cimo do que vês.
quero ser apenas a mulher carvão
um peixe carvão, talvez um coração carvão
desenhado a lápis, no teu caderno.


3 comentários:

bruno .b.c disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Teresa Durães disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
sophia disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.