quarta-feira

à minha irmã amélia agrada-lhe os meus vestidos e pensa
que eu sou feliz. chama-me e diz vera, o táxi já chegou e agora
quando cá voltas para nos abraçarmos muito e vermos as coisas

como elas são. não podemos falar das coisas como elas são,
da determinação que às vezes surge em procurar as escadas e desce-las a todas
e ficarmos ali a desentender o silêncio e a planear guardá-lo para que
ninguém o saiba. e nem sempre o que nos diz e o que dizemos depois aos outros é a verdade. há a ideia de uma dúvida e para isso servem os nossos braços
e a segurança de que são frágeis, os teus e os meus, para separar a morte
da força da corda quando não sabemos o fim que escolher.
encontramo-nos agora numa idade comum a quase todos onde nos demoramos
a alinhar frases e a procurar palavras que se mostrem
mais inteligíveis num destes dias. há-de fazer sentido assim,
umas ao lado das outras, o vento e a luz no candeeiro, concordámos.

20 comentários:

Diva disse...

O silêncio a dois.
Belo.
Bisou

Graça Pires disse...

Um poema para sentir. Um poema para pensar.
Beijos.

N'Yumi disse...

fiquei encantada com o que escreves!

liliana_lourenco disse...

*lindo*.. muito mesmo.

Beijinhos! **

dade amorim disse...

O poema do post anterior a este está no Inscrições (é o Poema amigo).
E este de hoje é para reler, tão bonito.

Beijinho.

Lara Amaral disse...

Linda prosa poética.

Beijos.

F. Otavio M. Silva disse...

Adorei o Post, Parabens; Vou vir mais vezes por aqui.
Dá um passada no meu blog quando puder.
http://otaviomsilva.blogspot.com/
¬¬°ºoO
Forte Abraço

0.05 disse...

as vozes embarcam
num silêncio aflito
quanto mais se apartam
mais se ouve o seu
grito...

Susana Miguel disse...

o silêncio a dois e como ele é.

bisou, diva.
gosto que venhas:)

Susana Miguel disse...

quando cá voltas para nos abraçarmos muito e vermos as coisas
como elas são
. esta é a frase a que volto sempre, quando releio este texto.

um beijinho, graça;)

Susana Miguel disse...

obrigada, n'yumi.
volta mais vezes:)

Susana Miguel disse...

liliana,

beijinhos e azul (daquele mais do que bonito);)

Susana Miguel disse...

abracinho grande, dade amorim.

gestos tão bonitos,dade-amiga (sorrisos). a partir de agora, será a minha dade-amiga,poderá ser?


:)obrigada.

Susana Miguel disse...

obrigada, lara.
abraço.

Susana Miguel disse...

bem vindo, octavio.
obrigada pelas palavras:)

Susana Miguel disse...

um bocadinho, nem tanto;)
(a sorrir e a piscar olho, porque esta é das difíceis e torna-se mais fácil dar uma resposta)

sophiarui disse...

"concordamos" que o teu "candeeiro" ilumina tanto aida... tanto...

abraço bom no coração

Susana Miguel disse...

muitos beijinhos, sophia.
quem me dera que assim fosse(...)

:)

J. Camilo disse...

Muito bonito, Susana!

Susana Miguel disse...

que bom ler-te por cá, João.

:)