quinta-feira




















há uma verdade-triste que coloco em todas as coisas.
quando digo todas as coisas, digo também a parte
mais iluminada do teu rosto. as vezes
em que apertas com força os lábios
uma e outra vez. e ainda outra
quando alguém diz o vermelho
fresco, um ponto e um limão
a simetria, o vento que fica
em todos os lugares, o túnel comprido
onde o medo é maior se lá entrarmos
se soltarmos as mãos; algo
que nos escapa quando rezamos

que acontece quando caímos.

Fotografia de Berenika.

47 comentários:

gota de chuva disse...

se eu disser apenas que é lindo, pode soar banal.
se eu disser só que gostei, pode soar banal.pouco significativo.
mas nem por isso deixa de significar e de o ser.

Presença disse...

Fica no intermedio... do entrelaçar das mãos ao rezar e das maos abertas ao cair... fica no debruçar sobre um colo!!!

Bjo

weg disse...

Foi bom ter podido vir hoje ler-te. É sempre. Mas a beleza do poema encheu-me mesmo.

Obrigada.

:)

Bjs

hfm disse...

Tão belo como " o vento que fica
em todos os lugares,"

Lord of Erewhon disse...

Quando caímos... não chegamos a bater no fundo, porque Lucifer é tão bonzinho, que nos agarra na Queda! :)

porfirio disse...

boa-noite
.
e
eu
caí
aqui
:
:
:
abraço

Kraak/Peixinho disse...

Se o segredo está em "não largarmos as mãos", não consigo compreender a razão que leva ao Medo ter medo. Nada como estar um passo mais à frente, por forma a demonstrar-lhe que somos mais fortes que ele, conseguindo assim atenuar o seu pavor.

A luz ao fundo do túnel vai chegar... e não será um comboio em sentido contrário. :)

Abraço!

isabel mendes ferreira disse...

"a simetria, o vento que fica
em todos os lugares..........."


_________________ ficou dito.



no lugar do não-esquecer.


(olha que bom encontrar tanta gente boa por aqui...:)))))!


beijosssssssssssss.

martim de gouveia e sousa disse...

magnífico momento lírico-poético. ambiente inefável. bjo.

daniel sant'iago disse...

Que lindo!
Obrigado!

bruno .b.c disse...

aida, chego já depois
da chegada de muitos
outros. por isso posso
dizer que a leitura
acontece muitas vezes
onde existem os segredos
e é difícil regressar de lá
com mais palavras. ficam
estas. também hoje
levo muito mais do que aqui
deixo.

um abraço.

sophiarui disse...

esse "tunel comprido"...

ahh se pudesse falar-te da queda... ficaria certamente sem palavras... duro sopro cravado cá dentro!!

abraço apertado sem apertar

alice disse...

olá. atrasadíssima, venho rendida ao seu espaço. quero dizer-lhe que o piano que pus no blog também era para si. pela imensa alegria de a ter encontrado. e poder estar aqui junto de tantas pessoas bonitas. o piano já não toca. mas foi com a maior ternura. um grande beijinho.

alice

o alquimista disse...

Tu és um espanto...!

Os sonhos têm mil cores, o sentir mil emoções, os teus a divina prova que tens mil corações...

Pleno e colorido carnaval


Mágico beijo

porfirio disse...

.
.
.
a
i
n
d
a
.
a
.
cair - bjo neste entrudo mascarado

gabriela r martins disse...

ainda bem que chego depois de muitos
.
.
.
assim tenho o tempo de ficar
.
.
de sair
.
e de voltar as vezes que quiser

m
a
s

fico
e vou
e volto

s
e
m
p
r
e

com vontade de muito mais.

beijos ,princesa aïda!

alice disse...

olá ;) venho convidá-la a ver o vídeo clip do meu blog. e já agora. deixo aqui outro link que acho que vai gostar. beijinho.

http://www.youtube.com/watch?v=40Br07CF0qk&mode=related&search=

inBluesY disse...

levantamos mais acuidado ...

um bj *

@Memorex disse...

Podemos cair e ser destruídos, mas não nos podem Vencer.

Agarra-te em coisa simples, pois são as mais belas simetrias da Vida :)

Estou bem, empolgada e radiante!
Tanta emoção habita, até os meus olhares abrasados saltam faíscas... simplesmente delirante e terei 50% de audição o que é optimo!!!

Dia 19 de Março é o meu dia, apenas uma consulta para averiguar exames.

Um beijinho cintilante e afectuoso!
Carinhosamente Memorex.

alice disse...

boa noite ;) bom fim de semana! para quando um novo poema? beijinho

o alquimista disse...

Como não há duas iguais verdades...deixo-te um doce beijo

gabriela r martins disse...

é sempre bom regressar a casa

e depois de alguns dias de ausência sabe ainda melhor

grata pela beleza que encontro e grata por aquela ( muita )que levo comigo

um beijo ,princesa aïda!

aida monteiro disse...

gotinha de chuva,

aqui,
podes dizer
como achares melhor.
aqui,
as tuas palavras
são sempre bem recebidas.

um abraço.

aida monteiro disse...

presença,

no intermédio
do que se diz
e do que não se diz
o

meu

abraço:)

aida monteiro disse...

Weg,

é bom saber-te por cá:

nesta casa
que também é tua.

Um abraço:)

aida monteiro disse...

Helena,

um beijinho
e
o vento suave
nos teus cabelos.

aida monteiro disse...

Lord,

és bem vindo,
no entanto,
as minhas cigarras
teimam em dizer que Lucifer fica à porta:)

Um abraço.

aida monteiro disse...

porfírio,

a cair,
nesta noite imensa:

um abraço.

aida monteiro disse...

Peixinho,

Um abraço forte

e que seja mesmo a luz do túnel
e não um comboio
em sentido contrário:)

um beijinho
de água doce.

aida monteiro disse...

Isabel,

um sopro leve
e
um beijinho.

:)

aida monteiro disse...

Martin,

Obrigada
pelas palavrinhas.

És bem vindo!
Um abraço meu e das cigarras:)

aida monteiro disse...

Daniel,

Um abraço
e obrigada:)

aida monteiro disse...

Bruno,

sempre que chegas,
antes
ou depois dos outros,
ouço um «murmurinho» no poema.
Elas, as palavras,
ao ouvir-te a voz
no fundo
de um papel imaginado;
tentam abraçar-te,
pedem que voltes
e que as leias sempre.

um abraço meu
para ti.

aida monteiro disse...

Sophia,

um abraço bom
a lembrar
sopros bons.

aida monteiro disse...

Alice,

o piano,
ainda o ouço:)

com muita ternura
recebi
um beijinho,
com muita ternura
deixo
dois beijinhos.

Atrasadíssima?-nunca.
e a alegria
é nossa:)

aida monteiro disse...

Alquimista,

um abraço pleno
de vida colorida.

:)

aida monteiro disse...

porfírio,

que bom ver-te cair,
mais uma vez,
neste
cantinho:)

Abraço.

aida monteiro disse...

Gabriela,

Como dizer-te,
o sol que fica
depois do teu abraço?

gosto (muito)
que fiques (muito)
e que voltes
sempre.

beijinhos,
amiga Gabriela:)

aida monteiro disse...

Alice,

mais uma vez,
agradeço o convite:)

Um beijinho.

aida monteiro disse...

inbluesy,

levantamos:)

Um abraço forte.

aida monteiro disse...

memorex,

fiquei muito contente
com as boas,
óptimas novidades!

beijinho grande
e guarda sempre
esse brilhinho
nos olhos:)

aida monteiro disse...

Querida Alice,

deixo
o meu sorriso
e um novo poema.

abraçinhos
e
beijinhos:)

aida monteiro disse...

Martim,

isto são maneiras
de receber alguém? erro de tecla
ao escrever o nome?

:)

Peço desculpa
e deixo
outro abraço.

aida monteiro disse...

alquimista,

:)

Um abraço.

aida monteiro disse...

Gabriela,

apetece-me dizer,
dentro de nós,
desta nossa casa:
a ternura.

Luiz Carlos Reis disse...

Minha Querida,

Tuas palavras soam simétricas e pulsantes. Belíssima composição!

Abraços!

aida monteiro disse...

Luiz,

obrigada:)

fico contente
com o teu regresso.

um abraço grande.