quarta-feira

no último encontro a noite
redonda, a boca muito
aberta e redonda: a água
de todos os invernos.

49 comentários:

ana c. disse...

haja um dique que segure tanta água

um abraço, aida

un dress disse...

útero,

grávida

nascente de

gestos.

Queen Frog disse...

e uma existência de água.
lindo, aida*

isabel disse...

... a água de todos os invernos que renasce na água de todas as primaveras...

... abraço forte menina!!!

gabriela r martins disse...

venho barafustar.... já que andamos em marés de indignação!!!! [e eu começo a ficar possessa]

que se passa com esta porcaria da blogger que há três dias que não consigo publicar um única imagem?

tu consegues?

vou entrar em furite aguda
vou ficar raivosa
vou bufar feita touro enraivecido !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


e agora que já desabafei ,vou manifestar.me noutra freguesia



.
um beijo

Vanessa disse...

às vezes fico por aqui só a ouvir a música.

:)

CNS disse...

Renascer dela, limpida, fria. Pingada de nós.

jorge vicente disse...

que bela a tua água.
e o teu poema.

um abraço simples e poético
jorge vicente

p.s.
convido-lhe para um lançamento de um amigo meu: José Félix. Aqui está:

"A Edium Editores convida-o a participar na sessão de lançamento da obra “Travessia” do poeta José Félix, no dia 22 de Março de 2008.
O evento terá lugar no Porto Palácio Hotel, salão “3 Rios” às 16.30 horas
A obra será apresentada pelo poeta de Coimbra Xavier Zarco
Endereço: Avenida da Boavista nº 1269, Porto."

dia 26 de abril, vai ser o meu, também no porto.

alice disse...

para que chova é preciso que volte a escrever. boa noite e um beijinho.

gabriela r martins disse...

o poema
escorre.te

suave

pelas mãos
à demanda
dos braços que o possam
ter
cativo

de desejo


.
um beijo ,Princesa Aïda!

verdades_e_poesia disse...

E tantos invernos esgotaram-se num beijo... ;) gostei

storytellers disse...

coisa mais linda!!!

beijinhos muito grandes

Graça Pires disse...

A água de todos os invernos, inunda-nos o olhar quando a noite nos cerca as mãos.
Um beijo.

Barqueira disse...

Um hino à água-vida-amor.

:)

Ana Marta Fortuna disse...

Lindo...passo por aqui e deixo-me ficar, embalada pela música.

ana salomé disse...

muito muito bons todos os poemas. como é que eu não conheci antes?

...

beijo

Mateso disse...

Máter , uterina, nascente, vida . A água.
Belo

Baudolino disse...

Adorei o blog. Já aqui deveria ter vindo ter mais cedo!
Abraço
P.

isabel mendes ferreira disse...

quase a raiar a fimbria de um haiku.



.



simples e denso.






obrigada.

C. disse...

Água... sempre um começo de tudo.
Bonito o teu blog, farei mais visitas. A música... simplesmente, linda!

Natty Lioness disse...

Oi

vim dar um alô e convidar-te a visitar o meu blog que tem trabalhos novos

***
Sofia

Barqueira disse...

A água veio no ar atenuar-me os efeitos enervantes do vento.
Obrigada.

david disse...

um abraço, aida :)

l. disse...

bonito... e bela citaçao ali no perfil :)

deixo o link para o meu novo blog de poesia, vou colcoar la o teu

bom fds

L. disse...

ainda

tens ali uma gralha no link para o morrer de improviso

aida monteiro disse...

um abraço, ana.

gosto de te receber por cá:)

aida monteiro disse...

un dress,

um gesto de ternura apertadinho.
obrigada.

aida monteiro disse...

obrigada pelas palavrinhas.

um abraço, Queen Frog:)

aida monteiro disse...

obrigada menina Isabel,

abraço de menina pequenina:)
(em biquinho de pés e a sorrir)

aida monteiro disse...

princesa gabriela,

mesmo quando vens a barafustar és bonita:)

um beijinho.

aida monteiro disse...

Vanessa,

também gosto muito desta música e combina muito, muito bem com um chazinho:)

um beijinho.

aida monteiro disse...

cns,

(...)
a renascer sempre.

um beijinho.

aida monteiro disse...

obrigada pelo convite, jorge.

no entanto foi-me mesmo impossivel ir. espero que tudo esteja a correr pelo melhor ao seu amigo e poeta José Félix.

Um abraço para ambos:)

aida monteiro disse...

obrigada, alice.

cai sempre um bocadinho de chuva por aqui. na maioria das vezes é fresquinha e sabe-me bem:)

um beijinho.

aida monteiro disse...

amiga e querida princesa gabriela,

é bom chegar e ter as tuas palavrinhas:)

um beijinho.

aida monteiro disse...

verdades e poesia,

os invernos não se esgotam e os beijinhos também não:)

abraço.

aida monteiro disse...

storytellers,
quem eu?(a brincar e a sorrir)

um abraço grande:)

aida monteiro disse...

Graça Pires,

é sempre bom recebê-la na minha casinha. obrigada pela simpatia das suas palavras.

um beijinho:)

aida monteiro disse...

Brindemos!

Tchim, tchim!
Um beijinho grande, barqueira.

aida monteiro disse...

obrigada pelas palavras, ana marta.

fica mais um bocadinho:)
Bem vinda a este cantinho.

aida monteiro disse...

ana salomé,

já fui responder ao teu cantinho:)
sempre a tempo e ainda bem que aqui chegaste.gostei e gosto muito de receber-te aqui.

um beijinho.

aida monteiro disse...

um abraço, mateso (...)

volta sempre:)

aida monteiro disse...

obrigada, baudolino.

um abraço grande.
bem vindo a esta casinha:)

aida monteiro disse...

esta mãozinha a pianar por aqui:)

um abraço, isabel.

aida monteiro disse...

obrigada, c.

e volta mesmo, sim?
um abraço:)

aida monteiro disse...

e são mesmo lindos os teus novos trabalhos:)já lá fui bisbilhotar!

um beijinho grande, sofia.

aida monteiro disse...

um beijinho pelo regresso, barqueira. é bom saber que gostas deste sossego.

aida monteiro disse...

um abraço, david:)

aida monteiro disse...

Um abraço grande, i.

obrigada pela chamadinha de atenção:)já está corrigido:)