sexta-feira


























o homem pediu-lhe baixinho para que ela não morresse
para que espreitasse os dois vasos que ele lhe tivera falado
ainda na terça-feira passada, agora ali na janela, próximos,
um ao lado do outro. a mulher sorriu-lhe, lembrou-se
do que lhe acontecia às mãos e aos dedos quando indicavam
o trajecto de uma rua ou à água que caía dos telhados
nos meses de chuva. havia pessoas nos cafés que não falavam
umas com as outras e lembrou-se disso também, da palavra
helicóptero que sempre tivera muita dificuldade em pronunciar,
da idade em que as despedidas não eram longas e era só
a linha dos olhos e a insistência de um novo olhar na direcção das coisas.


fotografia de susana miguel

22 comentários:

me... disse...

lindo!!

Tainha disse...

urgente esse novo olhar!
bj

ana c. disse...

ainda bem que aqui vim. sempre muito bonito o que escreves. a foto também é lindíssima.

beijinho

bruno disse...

"o que os olhos dela vêem"

menina tóxica disse...

menina, isto está tão lindo :)*

sophiarui disse...

"lembrou-se do que lhe acontecia às mãos e aos dedos"

lembramos sempre aida... e é essa a nossa força!

abraço bom

Sol disse...

Demoras a voltar?

cláudia disse...

obrigada pela visita. repito a pergunta atrás formulada: demoras a voltar?

Sol disse...

Já voltei! :)

Susana Miguel disse...

obrigada, me.
um beijinho sorridente;)

Susana Miguel disse...

um beijinho, tainha.
concordo com as tuas palavrinhas:)

Susana Miguel disse...

obrigada, ana. Também gosto que venhas:)a fotografia é da minha janelinha cá de casa e até ficou bonitinha (sorrisos).

abracinho.

Susana Miguel disse...

tiveste um bom olhar, bruno.

Susana Miguel disse...

menina-tóxica, também tu és muito linda e abraço-te sempre que chegas;)

Susana Miguel disse...

às vezes sobem e apontam, outras vezes descem e descansam e é essa a nossa força;)

um beijinho, sophia.

Susana Miguel disse...

um bocadinho, sol. só mais um bocadinho;)(assim a brincar e a sorrir às tuas palavras)

Susana Miguel disse...

eu gostei da tua casinha, cláudia. obrigada por vires também;)

Susana Miguel disse...

eu também voltei, sol:)

liliana_lourenco disse...

Muito bonito mesmo... e a imagem, completa tudo.

**

Andreia disse...

querida susana, é sempre tudo tão bonito aqui. és uma pessoa tão bonita.

tenho saudades desse tempo de que fala o teu poema, em que as despedidas não eram longas, nem sequer pronunciadas. do tempo dos verões longos, dos saltos nas ribeiras, do roubo inocente das laranjas da vizinha já velha... :)às vezes saudades de ser criança.

(eu já voltei mais ou menos, ou estou a tentar. o novo quarto chama-se masurca fogo. www.masurcafogo.blogspot.com)

abraço.

Susana Miguel disse...

obrigada,liliana.
eu também gosto muito da minha janelinha;) um beijinho.

(vou dizer lá, mas digo também aqui:tinha saudades tuas)

Susana Miguel disse...

abracinho, andreia. (...) as tuas palavras são ainda mais bonitas e cheias de ternura. também eu sinto muitas vezes essas saudades de que falas. é muito bom ter-te de volta;)